Com esta coleção, Jean Paul Gaultier recupera a imagem da Bigoudène ao convidar deliberadamente a Bretanha à passerelle da Rue Saint-Martin, nº 325. As inspirações celtas do criador dão à luz saias em forma de disco, fazendo referência aos famosos crepes da Bretanha, enquanto as indispensáveis camisolas de marinheiro da Maison acompanham os penteados tradicionais numa atmosfera com cheiro de manteiga salgada.

Os looks

"É a combinação perfeita do folclore e do chic parisiense. Obrigado Bretanha!"

Jean-Paul Gaultier

Back Stage
Allez plus loin
cabaret-menu
push_bas_irina (1)